Como parar de fumar

Saude 99 visitas Comentar

Algumas dicas que a ciência já demonstrou serem eficazes para quem quer abandonar o vício de fumar.

Parar de fumar diminui o risco de morte prematura. Os ex-fumadores vivem em média mais anos do que os fumadores e reduzem o risco de virem a sofrer de uma doença cardiovascular, de cancro ou de doenças respiratórias graves e incapacitantes.

É mais eficaz deixar de uma vez em vez de reduzir. O tabaco causa dependência: o cérebro tem receptores de nicotina que são activados apenas 10 seg. após inalar o fumo, dando a sensação de satisfação. Quanto mais estimulados, menor facilidade em largar os cigarros.

Escolha um dia para parar de fumar

como parar de fumarComece a preparar-se nas semanas anteriores: conte aos seus familiares e amigos os seus planos para deixar de fumar e identifique as situações em que costuma fumar e os cigarros que lhe dão mais prazer, para resistir melhor ou evitar essas situações; planeie formas de alterar a sua rotina para evitar sentir-se tentado.

 

Informações de tratamentos com hipnose para deixar de fumar em http://www.terapiasdamente.pt/deixar-de-fumar/.

Para ter noção do impacto: só 72 horas depois do último cigarro é que a nicotina desaparece por completo do seu organismo. A vontade intensa de fumar reduz-se nas semanas seguintes.

Deixe de fumar no dia que planeou. Elimine os cigarros que restem e todos os objectos relacionados de casa, no carro ou no local de trabalho. Adopte uma alimentação saudável, aumente a prática de actividade física diária e ocupe-se com um hobbie ou passatempo. Beba bastante água e reduza a ingestão de café e bebidas alcoólicas.

Avalie a hipótese de recorrer a terapias não farmacológicas como a acupuntura e a hipnoterapia, entre outras, que podem ser úteis quer como terapia de apoio, quer como alternativa. Uma das principais vantagens da hipnoterapia é o facto deste método não recorrer ao uso de medicação, sendo totalmente natural.

Por muito difícil que seja, parar de fumar é benéfico

…em qualquer idade e os benefícios são tanto maiores quanto mais cedo o fizer. Além de diminuir o risco de morte prematura, melhora a qualidade de vida e capacidade física. Os dentes e a pele ficam mais bonitos, o hálito melhora e deixa de cheirar a tabaco.

Não é mito: deixar de fumar está associado a um ligeiro aumento de peso no primeiro ano, em média 3 a 4 quilos. Isto resulta de haver uma alteração no metabolismo corporal e uma melhoria no paladar. Passar a fazer exercício regular e comer melhor é a melhor forma de evitar o aumento de peso.

Investigadores seguiram um grupo de pessoas durante quatro semanas a seis meses depois de deixarem de fumar. Os resultados mostram que aqueles que tentaram deixar de fumar gradualmente passaram por momentos muito difíceis.

Ao final de quatro semanas, 49% daqueles que pararam abruptamente, face a 39% dos que tiveram tempo para deixar de fumar, continuavam sem fumar. Depois de seis meses, só 22% dos que pararam abruptamente e 15% dos outros é que se mantinham longe do vício.

Se não conseguir à primeira, nada está perdido. A recaída faz parte do processo de mudança. Marque uma nova data e volte a tentar.

4.7 (93.68%) 19 votos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Limpeza

Usos alternativos do papel alumínio

Conservar os alimentos frescos – Se quer conservar o pão, os biscoitos ou qualquer outro alimento de padaria por mais tempo, pode envolvê-los em várias camadas de papel alumínio assim que chegar a casa.

mais   668