Dicas para poupar em casa

Casa 100 visitas Comentar

No dia a dia é cada vez mais necessário evitarmos gastos desnecessários.

Grande parte do orçamento familiar é gasto em despesas fixas com a casa. As contas de luz, água, gás e renda são incontornáveis, e das primeiras a ser pagas assim que o salário cai na conta.

Não sendo possível evitar estas despesas, há que encontrar formas de poupar nas contas da casa.

 

Conheça algumas dicas que a vão ajudar a poupar em casa:

 

  • Reaproveite a comida que tem a mais, através de quiches, saladas e pizzas;
  • Esteja atento às promoções, cupões e talões promovidos pelos hipermercados;
  • Quando for fazer compras para a casa, leve uma lista detalhada e limite-se a comprar aquilo que anotou;
  • Nos dias mais quentes, aposte numa ventoinha de tecto ou de pé, em detrimento do ar condicionado;
  • Crie o hábito de apagar a luz, sempre que sai de uma divisão;
  • Durante o verão, mantenha os estores e cortinados corridos para evitar a entrada de calor. No inverno, faça o contrário, para que o sol aqueça a casa;
  • Ao trocar as lâmpadas convencionais pelas de baixo consumo ou pelas fluorescentes, estará a reduzir em muito o consumo de electricidade;
  • Feche sempre a torneira da água enquanto lava os dentes. Esse pequeno gesto, ao final do mês, acabará por aliviar a factura;
  • Prefira os duches rápidos aos banhos de imersão;

Dicas para poupar em casa

Dicas para poupar

  • Diminua a pressão das torneiras, através de redutores de fluxo, como forma de minimizar o consumo de água;
  • Verifique se as torneiras não estão a pingar. Ao fim de dias, torna-se num gasto maior do que parece;
  • Ao instalar sensores de movimento em locais de passagem, estará a assegurar que será gasta apenas a energia necessária;
  • Ao desligar os aparelhos eléctricos, certifique-se que não os deixa em stand-by (luz vermelha acesa), para não continuarem a consumir energia;
  • Sempre que puder, opte pela água fria nas tarefas domésticas;
  • Opte por electrodomésticos com maior eficiência energética. Apesar de mais dispendiosos, acabam por compensar;
  • Tenha cuidado com o número de vezes que abre e fecha a porta do frigorífico, que é um dos electrodomésticos com o maior consumo energético;
  • Certifique-se que o termóstato do frigorífico não está abaixo dos 3ºC, já que as temperaturas mais baixas irão provocar uma maior produção de energia;
  • Após concluído o carregamento da bateria do telemóvel, retire da tomada o carregador;
  • Se as portas e janelas não estiverem devidamente isoladas, recorra a almofadas compridas para o efeito, uma vez que 30% do calor e do frio entra e sai pelas portas e janelas, obrigando, por isso, a um maior gasto de energia quando precisar de refrescar ou aquecer a casa;
  • Ao cozinhar, certifique-se de que o tamanho da panela se adequa ao do disco do fogão. Assim, estará a evitar desperdícios de energia;
  • Coloque as máquinas de lavar loiça e roupa a funcionar, apenas quando tiverem atingido a capacidade máxima;
  • Ao utilizar o forno, evite abrir a porta demasiadas vezes. Será necessário um consumo extra de energia, para recuperar os cerca de 25% de calor perdidos.

 

Faça um registo de todas as suas despesas e guarde os respectivos talões. Dessa forma, será mais fácil manter as contas controladas e equilibradas.


Copyright Blog Dicas e Tricas. Reprodução permitida desde que indicando o endereço:
https://www.dicasetricas.com/para-casa/dicas-para-poupar/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Saude

Violência doméstica nunca mais

A violência doméstica, nas situações mais comuns, compreende todos os maus tratos físicos ou psíquicos infligidos, de modo reiterado ou não, incluindo castigos corporais, privações da liberdade e ofensas sexuais cometidos: Ao cônjuge ou

mais   1581