Como limpar vidros sem deixar manchas

Limpeza 5050 visitas Comentar
Como limpar vidros sem deixar manchas 1

O uso de produtos correctos, na quantidade adequada, garante vidros limpos e sem manchas sem muito esforço

  • Nunca deverá usar produtos com cloro, lixívia ou ácidos. Se já tentou a típica água e sabão e não obteve resultados, experimente água quente e, em seguida, esfregue com uma esponja humedecida em vinagre branco. Depois, é só limpar o vidro com um pano limpo.

 

  • Um outro método cuja eficácia já foi testada é o misturar um pouco de detergente com álcool. Depois deverá enxaguar o vidro com água quente e, com um esponja, molhar a mistura e ir limpando o vidro. Depois do vidro ensaboado, enxaguar com água fria e deixar secar naturalmente.

 

  • Uma terceira forma: depois de esfregar o vidro e enxaguar, seque toda a superfície com um pano limpo e borrife com limpa-vidros.

Para limpar as portas de chuveiro em vidro, passe um pano humedecido em vinagre no vidro e este ficará a brilhar.

O vinagre ajuda a eliminar as marcas de água/calcário.

Como limpar vidros sem deixar manchas

O limpa-vidros, encontrado facilmente em supermercados, é apropriado somente para a limpeza de vidros e espelhos que não estão localizados em divisões que acumulam sujidade gordurosa. Para áreas com tal sujidade, o ideal é usar um desengordurante neutro e líquido, antes da aplicação do limpa-vidros.

Dica – Não lave as janelas em dias de muito sol se não, o produto de limpeza pode secar antes que termine a limpeza e fica mais manchado que antes.

4.6 / 5. Votos: 45

No votes so far! Be the first to rate this post.

Partilhar este artigo
  • 6
    Shares
Artigo colocado por Diogo Dias em 8 Março, 2018.
Copyright Blog Dicas e Tricas. Reprodução permitida desde que indicando o endereço:
https://www.dicasetricas.com/para-casa/limpeza/limpar-vidros-sem-deixar-manchas/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Saude

Violência doméstica nunca mais

A violência doméstica, nas situações mais comuns, compreende todos os maus tratos físicos ou psíquicos infligidos, de modo reiterado ou não, incluindo castigos corporais, privações da liberdade e ofensas sexuais cometidos: Ao cônjuge ou

mais   2695